O ator José de Abreu foi alvo de uma discussão em um restaurante no Rio de Janeiro. O motivo seria por conta de um cigarro de tabaco acendido por ele dentro do local que incomodou um dos clientes da casa.

Vale lembrar que é regulamentado em lei que é proibido fumar em local fechado, desde 2014: “Aprovada em 2011, mas regulamentada em 2014, a Lei 12.546 proíbe o ato de fumar cigarrilhas, charutos, cachimbos, narguilés e outros produtos em locais de uso coletivo, públicos ou privados, como halls e corredores de condomínios, restaurantes e clubes – mesmo que o ambiente esteja parcialmente fechado por uma parede, divisória, teto ou toldo“, segundo a Agência Brasil.

Chateado com a confusão, o ator global apagou o tabaco quando viu o cliente reclamar para o garçom, que teria permitido o fumo no local.

“O garçom havia liberado e aberto a janela. O cigarro [não industrial, tabaquinho fraco] estava do lado de fora da janela. Eu apaguei assim que o cara reclamou ao garçom”, contou à Fábia Oliveira, do Portal “O Dia”.

“Mesmo assim a provocação continuou. Estava cansado, trabalhei ontem muito, saí para tomar uma cervejinha. Mas realmente não posso mais sair de casa”, desabafou o ator de 73 anos.

Foto: Reprodução/Facebook