O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) entregou a Pernambuco, nesta quinta-feira (19), o selo Safe Travels, que identifica destinos e empresas em todo o mundo que adotaram protocolos padronizados globais de saúde e higiene, no contexto da pandemia de Covid-19.

A chancela ratifica os protocolos de segurança criados pelo Estado para o turismo, que registrou aumento de 17,8% em suas atividades em setembro, quando comparado com o mês de agosto. Com o selo, Pernambuco passa a ser reconhecido como um destino seguro pelo WTTC.

O selo tem apoio da Organização Mundial do Turismo (OMT) e mais de 200 grandes empresas do turismo em todo o mundo. A marca segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

“Durante todo este ano, em que enfrentamos este desafio imenso, que é a pandemia da Covid-19, o Governo do Estado sempre priorizou a saúde da população. Todos os protocolos sanitários, não só os de turismo, buscam cuidar dos pernambucanos e dos que chegam a nosso Estado”, declara o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

“Esta condição de embaixadores do selo Safe Travels muito nos honra. É mais uma garantia de que o destino Pernambuco está pronto para receber todos os turistas com muita segurança”, acrescentou o secretário estadual.

Além de conceder o selo, a WTTC tornou o Governo de Pernambuco um embaixador oficial do Safe Travels. A partir de agora, a Secretaria de Turismo e Lazer e a Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), que já emitem o selo Turismo Seguro para empresas, equipamentos turísticos e profissionais locais, poderão também conceder o título internacional. Serão contemplados com a chancela, destinos e empresas locais que já haviam sido agraciados com o selo Turismo Seguro.