Hoje vamos falar sobre a magia da Índia, essa nação pluricultural com seu povo feliz e suas dancinhas “bollywoodianas” que encantam (eu adoro!) e sua gastronomia exótica.
O ideal é que você permaneça pelo menos 10 dias para conhecer desde a moderna Nova Delhi ou o trânsito mundialmente famoso de Jaipur, fazer compras nos mercados locais , ver o por do sol do Taj Mahal e fazer a famosa massagem ayurvedica que fará você ter uma das melhores sensações da sua vida.

Para a coluna dessa semana, convidamos a apresentadora, modelo e madrinha da escola de samba Tânia Oliveira que viveu essa experiência e nos dá dicas dos melhores lugares que conheceu na Índia.

TUK TUK
Em Delhi, vá conhecer a Mesquita Jama, a principal e maior mesquita da Índia; não deixe de passear de “tuk tuk” pelo antigo mercado que fica ao lado, lá vendedores vendem de tudo e o assédio é grande!

MEMORIAL
Outro lugar imperdível é o Raj Ghat, o local onde Gandhi foi cremado se tornou um Memorial onde inclusive estão as cinzas dele, é um enorme e lindo jardim, local de paz única!

JAIPUR
Em Jaipur, explore o comércio de rua, com seus inúmeros cheiros e cores! Vá ver como se faz o curry – são é uma mistura de mais de 50 ingredientes! Outra coisa que encanta é o artesanato…

Foi em Jaipur que ví o trânsito mais caótico do mundo (acho que do universo rsrsrsrs), biclicletas, carros, caminhões, motos, camelos, elefantes e muita gente a pé, tudo junto e misturado pelas ruas, dá pra imaginar como é isso?

Nessa cidade um local a ser visitado é o Forte Amber, onde elefantes levam as pessoas até o topo da montanha onde fica o Forte.

TAJ MAHAL
O ponto forte da viagem que fiz, e o lugar mais lindo e mágico é indiscutivelmente o Taj Mahal. A maior prova de amor do mundo, situada na cidade de Agra, compensa todos os esforços desta viagem exótica. É um lugar que todos, sem exceção, deveriam conhecer.
Fui ver o amanhecer do dia por lá, é algo indescritível! Quando o sol nasce o monumento reflete uma cor alaranjada que vai mudando em questão de minutos e se torna branca em poucas horas. Me arrepio só de escrever isso!!! Quero voltar lá, quantas vezes eu puder, é a maior beleza que meus olhos já viram.

Uma coisa interessante que todos, absolutamente todos os guias insistem em dizer por lá: a wikipedia está errada quando fala que o imperador queria construir uma réplica do Taj Mahal na outra margem do rio, só que em mármore preto; e que ele agia com crueldade com as pessoas que construíram o monumento – eles são enfáticos ao afirmar que se ele construiu o mausoléu por amor a sua mulher, como é que ele mataria pessoas somente para que não replicassem a obra por aí?!?

COMO CHEGAR
Para chegar à India, é necessário que você vá até a Europa e programe sua viagem com as companhias locais como British, Air France, KLM, Swiss, Qatar ou Emirates.

O ideal é se programar para passar alguns dias na Europa e depois vá conhecer os encantos da Índia. Diversão e cultura em dobro!

GASTRONOMIA
A cozinha indiana é um dos pontos altos de sua visita ao país., coloridos e de sabor intenso. Cada região, cidade ou família terá sua própria receita de curry, esta maravilhosa mistura de especiarias como anis, pimentas, cominho, canela, cravo, coentro e até mesmo fast-foods mundialmente conhecidos tem em suas receitas um tempero extra.
Um toque: para evitar mal estar aposte nos produtos industrializados, porque na Índia as condições de higiene não são as melhores.


COMPRAS

Por preços muito interessantes, você pode comprar tapetes de altíssimas qualidade, blusas, echarpres, cachecóis de cashmere, produtos de artesanatos, insensos e outras peças que podem ser encontradas nas feiras.