Bastou Sarah Andrade, a favorita a vencer o Big Brother Brasil 21, comentar que admirava o Presidente Jair Bolsonaro e que deixou de segui-lo nas redes sociais, antes de entrar na casa mais vigiada no país, para influencers poderosos como Felipe Neto, Bruno Gagliasso, Fernanda Paes Leme e João Vicente deixarem de apoiar a garota mais estratégica do reality.

Os famosos utilizaram as redes sociais para se manifestarem.

O influencer Felipe Neto declarou:  “Sou contra cortar laços só por opinião política. Temos q conviver com a diferença. Agora, se a pessoa gosta de um fascista genocida diretamente responsável por 260 mil mortes, defensor de tortura e ditaduras… Aí não é “opinião política diferente”, é desumanidade. #ForaSarah

Fernanda Paes Leme publicou o seguinte texto: “Estrategista do #bbb21 abaixa demais e deixa o bolsonarismo à mostra. Tchau, Sarah. Larguei sua mão”

Bruno Gagliasso mandou diretamente: “a fábrica de pano fechou kkkkkkk”

A ex BBB Tessália declarou em seu microblog:  “Quando Sarah entrou no BBB 200 mil pessoas já tinham morrido. NÃO TEM DESCULPA BB”

Com isso Juliette e Gil crescem na preferência a faturar o prêmio de R$ 1.5 milhão no programa.