A repórter Renata Banhara (42 anos), prova que é gente como a gente. Ao realizar nesta última sexta-feira (16) uma visita ao seu filho caçula que atualmente reside com o pai em São Bernardo do Campo, na região do grande ABC em São Paulo, quando acabou passando mal e foi encaminhada para a unidade do UPA – Rudge Ramos, onde foi prontamente atendida pelos profissionais do SUS.
Após a separação, Banhara teve o convênio médico cancelado por seu ex marido, onde estava em pleno tratamento médico e desde então tem dado sequência em todos os seus tratamentos através da rede do SUS.

Ainda em SBC, a modelo retornou na manhã deste sábado (17) a mesma unidade, com a responsabilidade de uma cidadã, onde enfrentou a fila, retirou a senha de chamada e aguardou a sua vez para ser atendida.

“Não sou diferente de ninguém. Pelo contrário, acho que essa é a oportunidade de mostrar para as pessoas a vida real, porém o que me assusta é a fantasia que se revela no imaginário, onde apesar de ser conhecida na mídia, eu tenho uma vida normal. Não sou coitada e nem me vitimizo, acho que tudo de ruim aconteça para que saíamos do lugar comum, pois é através das lutas e dificuldades que nos tiram do lugar comum e nos fazem crescer”, declarou Banhara.
Renata ainda completou “Estou voltando nesta tarde de sábado para minha casa na capital e muito feliz e satisfeita, pois além de ter sido medicada eu fui muito bem atendida e pude comprovar durante o período que fiquei na fila, o carinho e respeito que os profissionais da UPA possuem com os pacientes.”
A repórter compartilhou em suas redes sociais uma postagem que estava aguardando para ser atendida e em seguida uma outra agradecendo toda atenção que recebeu dos profissionais, e foi o suficiente para que outros pacientes que também estavam aguardando para serem atendidos, identificassem Banhara na fila e registrassem post da mesma aguardando o atendimento.
Crédito das Fotos: Divulgação