Única brasileira citada pela Billboard na lista das 20 artistas latinas que mereciam ser descobertas, a cantora Bianca inciou 2021 com tudo. Voz feminina por traz do sucesso “Tudo no Sigilo”, a funkeira, de apenas 19 anos, já lançou dois novos grandes hits nesse começo de ano, levantando em suas letras, mais uma vez, a bandeira do empoderamento feminino. Mas muito além disso, Bianca confessou com exclusividade para o jornalista, DJ, Produtor de eventos e CEO do site Pheeno, Thiago Araújo, que pretende trazer para suas músicas um pouco mais de representatividade LGBTQIA+ e não descartou a possibilidade de beijo gay em algum dos seus próximos clipes. “Sem problema nenhum, com certeza vai ter!”, adiantou ela, que é declaradamente bissexual.

A conversa foi ao ar dentro do programa “Estúdio Pheeno”, e também contou com um relato mais detalhado da funkeira sobre a representatividade. “Eu acho muito importante isso, porque tem muita gente que fica com medo ainda do que a sociedade vai falar, a família, enfim… Só que pessoas com representatividade, cantando sobre isso, mostrando que pode sim, que você pode ser livre e ser feliz, sendo o que você quiser, é preciso”, refletiu Bianca, que durante a conversa também falou sobre todos os perrengues que passou antes de estourar na internet com o sucesso “Tudo no Sigilo”. “Eu me sentia muito excluída de tudo. Vi a galera da minha cidade valorizando os artistas que vinham de fora e virando as costas para miml. Então pensei que se eles valorizavam essa galera, eu iria para fora também e assim teriam que me valorizar de alguma forma”, lembrou.

Foto: Márcio Farias

E continuou: “Eu não trabalhava e não tinha noção de que viver longe dos pais, fora de casa, era tão longe assim. Morei de favor em vários lugares, morei em estúdio, enfim… E até hoje não caiu a ficha ainda, para ser bem sincera! Porque as coisas que aconteceram comigo, para mim foi uma eternidade, mas a evolução da música foi tudo muito rápido. Do nada eu estava ali dormindo no chão do estúdio e depois estava geral enviando um monte de vídeo e publicações de artistas e anônimos fazendo o challenge da música. Então eu estou assim, assustada ainda”, completou Bianca que também entrou para o ranking das 10 cantoras solos mais ouvidas no spotify Brasil.

A cantora, que afirma não ter preferência por homens ou mulheres, reviveu um grande amor em clipe lançado na última semana. “’Não Me Diga Que Não’ é uma música que fala sobre um casal apaixonado, que, como conta no clipe, se separa e mais tarde se reencontra.”, conta Bianca sobre a canção, que destaca o empoderamento feminino, característica importante em suas letras. “Eu sempre gosto de passar essa mensagem nas minhas músicas, para as pessoas escutarem mais sobre o assunto. Esse não é tema central, mas também ressalta a liberdade que a mulher tem para também sentir desejo, o que ainda é tabu”, conta Bianca sobre o verso que diz “Meu melhor beijo quer seu beijo, minha vontade não tem freio”. A canção está disponível em single e vídeo, em todas as plataformas digitais.

Foto: Márcio Farias