Amigos de longa data e parceiros de diversas produções, a dupla paulista Cristiane Wersom e Pedro Bosnich chega aos palcos cariocas este mês para uma estreia em dose dupla: NA CAMA, comédia romântica do aclamado autor chileno Julio Rojas; e O BOSQUE SOTURNO, drama intenso e cheio de revelações; estreiam dias 19 e 20 de março, no Teatro dos Quatro, às 21h, após duas bem-sucedidas temporadas em São Paulo. Os espetáculos permanecem em cartaz durante um mês, sempre às terças e quartas.

 

NA CAMA é uma comédia romântica com pitadas dramáticas, dirigida por Renato Andrade, e a primeira adaptação para os palcos brasileiros do texto do aclamado escritor chileno Julio Rojas, baseado no filme homônimo de 2005. O encontro inesperado e sem expectativas entre Bruno e Daniela e o seu desenrolar num quarto de motel é o fio condutor do espetáculo. Na cama, os personagens vão encontrando sintonia, compartilham histórias, e, aos poucos, descobrem como cada um se relaciona com o mundo e entre si. “O roteiro é leve e despretensioso, mas ao mesmo tempo muito tocante e cheio de emoção. É um prazer ver as reações do público durante a peça”, conta Pedro Bosnich, também produtor e idealizador do espetáculo.

 

Já o drama O BOSQUE SOTURNO, texto de Neil LaBute, traduzido e adaptado pelo dramaturgo Flávio Morais, e sob a direção de Otávio Martins, narra o universo particular e misterioso de dois irmãos que, como eles mesmos afirmam, parecem “não ter saído da mesma barriga”: Betty, uma professora universitária, que convida Bobby, seu irmão mais novo e trabalhador de vida simples, para ajudá-la a esvaziar um chalé alugado, até então desconhecido por ele. Com diálogos cheios de agressividade e mágoa, a trama mistura pitadas de humor ácido e fortes emoções dramáticas (características dos textos de LaBute, que fogem do politicamente correto) e conduz os protagonistas a conflitos densos, revelando sutilmente segredos e segundas intenções. Aos poucos, estes sentimentos também envolvem o público.

 

“Vai ser um desafio e ao mesmo tempo um grande prazer para nós, como atores e produtores de teatro, estarmos em cartaz com dois espetáculos tão diferentes simultaneamente. O primeiro, uma comédia bem leve, que encanta a todos que assistem. E o segundo, um drama denso e cheio de nuances psicológicas, que envolve e vai criando aquela ansiedade no público”, conta Pedro Bosnich.

 

Cristiane também está ansiosa para estrear mais uma vez no Rio de Janeiro. Para ela, a sintonia afinada com Bosnich em cena é um reflexo do forte laço de amizade entre os dois, o que fortalece a conexão com o público.

 

“A gente se dá muito bem, tem muita intimidade, produz juntos, monta vários projetos juntos… Acho que levamos essa conexão para o palco naturalmente. Essa relação fraternal e ao mesmo tempo de amante que os espetáculos nos exigem, fica muito bonita de se ver”, revela Cristiane, formada pela Escola de Artes Dramáticas da USP e, que, antes da estreia em São Paulo, buscava um espetáculo teatral para exercer apenas a função de atriz. “Bosnich é um grande parceiro profissional e trabalhar com ele é sempre um prazer”, completa.

 

SOBRE ‘NA CAMA’

 

NA CAMA estreia dia 19 de março, às 21h, no Teatro dos Quatro, Shopping da Gávea.

 

“O roteiro é leve e despretensioso, mas ao mesmo tempo muito tocante e cheio de emoção. É um prazer ver as reações do público durante a peça”, conta Pedro Bosnich, também produtor e idealizador do espetáculo.

 

Julio Rojas, o autor, é um dos dramaturgos chilenos mais premiados no país. Além de “En la Cama”, de 2005, ele também é responsável por obras como “Mi Mejor Enemigo”, indicado ao Goya de 2006; e “La Vida de Los Peces”, indicado ao Goya, ao Colón de Prata e ao Oscar em 2012.

 

Rojas foi superacessível e entusiasta do projeto. Consegui seu e-mail e em dois dias já tinha os direitos do texto”, conta o diretor Andrade, grande admirador da obra. “Como eu sou fã do filme, fiquei receoso de não corresponder às minhas próprias pretensões em relação ao roteiro, mas o humor e o jogo estabelecido pelos atores deixaram a versão com identidade. É engraçado, delicado, com ritmo que uma boa peça pede e o processo de direção foi muito leve. Cris e Pedro se conectaram instantaneamente”, completa ele.

 

Com um tom leve e despretensioso, NA CAMA agradará não só o público romântico, mas também os descrentes no amor, os mais realistas e todos aqueles que se interessam pelas relações humanas.

 

SINOPSE: Em um quarto de motel, Bruno e Daniela, dois estranhos, dividem lençóis e confidências. Aos poucos, a intimidade do casal extrapola o sexo e aquela relação de uma única noite passa a ser uma possibilidade.

 

FICHA TÉCNICA:
Texto: Julio Rojas

Direção: Renato Andrade

Elenco: Cristiane Wersom e Pedro Bosnich

Iluminadores Associados: Cesar Pivette e Vânia Jaconis

Assistência de Direção: Bruno Ospedal

Cenário: Cristiano Panzarin

Trilha Sonora: Renato Andrade

Arte: Teto Cultura

Fotos: Kelson Spalato e Allan Bravos

Produção: Pedro Bosnich e Renato Andrade

Realização: 4us Produções e Sintética Produções

 

SOBRE ‘O BOSQUE SOTURNO’

 

O cenário é uma cabana inóspita no meio da floresta. Os personagens, dois irmãos que estão empacotando itens e precisam liberar o imóvel. A aparente normalidade da situação vai dando lugar a uma trama repleta de segredos e revelações surpreendentes. O BOSQUE SOTURNO, texto traduzido e adaptado pelo dramaturgo Flávio Morais, estreia nos palcos cariocas dia 20 de março, às 21h, no Teatro dos Quatro, Shopping da Gávea.

 

“Em O BOSQUE SOTURNO, o autor parte de uma escrita elíptica. Ou seja, aos poucos a relação entre os dois irmãos vai sendo esclarecida, junto com as descobertas que a trama propõe tanto aos personagens quanto ao espectador”, conta o diretor Otávio Martins. “A sutileza vem de uma construção muito delicada desses personagens, feita ao longo do espetáculo. Não existem arroubos cênicos no que tange à interpretação. Pelo contrário. A base é hiper-realista, justamente para contrastar com a cenografia e a iluminação”, completa.

 

Responsável pela idealização e produção do projeto, o ator Pedro Bosnich assistiu à montagem pela primeira vez em Londres e ficou encantando com a dinâmica cênica entre Matthew Fox e Olivia Williams, protagonistas da montagem. “Fiquei muito impressionado com a relação instigante que a trama cria com o público e entre os atores. Queria muito fazer algo assim. Voltei ao Brasil, e imediatamente falei com o Flavio Moraes. Levou cinco anos para conseguirmos montar o espetáculo”, conta.

 

SINOPSE: Em uma cabana no meio da floresta, dois irmãos de personalidades completamente divergentes se reencontram – a convite da irmã, Betty – para esvaziar um imóvel alugado, desocupado há pouco pelo inquilino. Numa noite chuvosa, ambos iniciam um acerto de contas emocional e denso que envolve o passado familiar, trazendo à tona diversas questões sobre a relação dos dois.

 

FICHA TÉCNICA:
Texto: Neil La Bute

Tradução e adaptação: Flávio Moraes

Direção: Otávio Martins

Elenco: Cristiane Wersom e Pedro Bosnich

Cenário: Mirtes Moraes e Otávio Martins

Fotos: de cena Natália Angelieri e foto estúdio Haroldo Miklos

Produção: Pedro Bosnich

Realização: 4us Produções e White Sweet Taco Produções

 

SERVIÇO

 

SERVIÇO
O BOSQUE SOTURNO

Estreia: 20 de março de 2019.

Temporada: De 20 de março a 17 de abril de 2019.

Horários: quartas, às 21h.

Local: Teatro dos Quatro

Endereço: Shopping da Gávea, 2 piso – Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea.

Duração: 65 minutos.

Bilheteria oficial: Teatro dos Quatro – De segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos, das 15h às 22h.

Telefone: 2239-1095

Valores: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada).

*** Cliente Porto Seguro tem desconto no valor da entrada.

402 lugares.

16 anos.

 

SERVIÇO
NA CAMA

Estreia: 19 de março de 2019.

Temporada: De 19 de março a 16 de abril de 2019.

Horários: terças, às 21h.

Local: Teatro dos Quatro

Endereço: Shopping da Gávea, 2 piso – Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea.

Duração: 55 minutos.

Bilheteria oficial: Teatro dos Quatro – De segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos, das 15h às 22h.

Telefone: 2239-1095

Valores: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada).

*** Cliente Porto Seguro tem desconto no valor de entrada

402 lugares.

14 anos.