Você já ouviu falar de moda inclusiva? 

                 

Feira Ópera estabeleceu parceria com especialistas e marcas expositoras para anunciar o  lançamento de roupas e acessórios especiais como destaque em sua 25a edição

A iniciativa partiu da diretora da feira, Fernanda Menezes, que em suas visitas pelos quatro cantos do país conheceu muitas mães com filhos portadores de necessidades especiais e soube da dificuldade de encontrar roupas e acessórios adequados para seus pequenos. “Nesta edição, além de promover a cadeia produtiva da moda infantil, queremos também adotar um proposito que se alinhe aos negócios. Assim surgiu a ideia de promover a moda inclusiva, estimulando as marcas expositoras a produzirem peças adaptadas a esse público, bem como incentivar os lojistas a oferecerem essas roupas tão especiais“, declara Fernanda.

Fernanda e Fred idealizadores da Feira ÓPERA

Para esta empreitada, Fernanda convidou duas importantes profissionais: Alessandra Borato, consultora internacional de moda e tendências, e Daniela Auler, consultora de moda e estilo especialista em moda inclusiva. Juntas, essas profissionais têm assessorado as marcas expositoras para desenvolver peças verdadeiramente inclusivas: Miss Teen, Reserva Mini, Primo Bambino, L’etè, Cris Gentil, Que Te Encante, MiniLou, Mio Bebe, Pistol Star, Luluzinha e Oliver são algumas das empresas que abraçaram a causa.

As peças foram  apresentadas no desfile realizado pela Max Fama, no primeiro dia de feira (25/05) as 19h, dentro da programação da feira. A passarela do Ópera revelará, além das tendências para a primavera-verão dos pequenos, o que há de mais fashion em moda inclusiva. “Temos no Opera uma iniciativa pioneira e inovadora, pois dar destaque à moda inclusiva é uma necessidade para a qual poucos se atentam. Estamos trabalhando para sensibilizar as indústria a pensar na democratização da moda e com isso chegarmos numa sociedade mais justa, contemplando as diversidades humanas” declara Dani Auler, idealizadora do já tradicional ‘Concurso de Moda Inclusiva’.

A iniciativa de promover a moda inclusiva se multiplicam no evento: os estandes que oferecem moda inclusiva estarão sinalizados em suas entradas, assim como os lojistas que comprarem as peças terão um adesivo para informar sobre a oferta dessa moda em suas vitrines.

Outra parceria, estabelecida com a terapeuta e também mãe de uma criança com necessidades especiais, Andréa Carvalho, levará a informação dessas coleções para mães e terapeutas, para que todos saibam onde estão as lojas que oferecem roupas e acessórios para deixar seus pequenos mais elegantes.

Para saber mais sobre a Feira ÓPERA acesse o site: http://www.grupoopera.com.br/evento/