Marília Pera, em vida, deixou o testando compartilhando seus bens: 87,5% de seus bens foram deixados para seus filhos e sua irmã e 12,5% para Bruno Faria com quem tinha uma união estável com separação de bens. Bruno, insatisfeito com o inventário entrou com uma ação na Justiça pedindo para dissolverem a união post mortem, porque tem interesse em metade do patrimônio da atriz falecida.

Segundo a jornalista Patricia Kogut, o assunto “está virando uma novela” e vamos aguardar cenas dos próximos capítulos.