Desde que a autora da empresa Ubuntu esteve no Soweto, a maior favela na África do Sul, e viu o quanto eles precisam de apoio da humanidade, a empresa vem expandindo e unindo pessoas para mudar a vida das famílias que moram lá.

Assim como em outubro o embaixador da marca esteve lá, no mês de novembro a empresa levou Sandra Bronzina, empresária e amante de causas sociais para o Soweto, no qual vivenciou e proporcionou dias melhores para aquelas crianças.

Soweto  é um dos bairros mais importantes da África do Sul onde abrigam-se 4 milhões de pessoas, ali encontra-se um cenário importante de lutas e guerras, onde o bairro nasceu a base do regime de segregação racial, onde os negros deveriam por lei viver em regiões afastadas dos brancos.

Quem passa pelo Soweto vive por sentimento o que aquelas pessoas passaram, sinônimo de luta, resistência e sofrimento, além da grande pobreza e necessidade que passam naquele local.

A empresa tem como grande propósito levar educação para aquelas crianças, que passam grande parte do seu dia na rua brincando, sem apoio e orientação de um adulto.

Sandra Bronzina diz que vale muito a pena cruzar o oceano para sentir o amor das crianças, e que lá ela encontrou a pureza, e que mesmo com tanta carência ela sentiu o amor presente e a generosidade que chega a emocionar. Sandra diz que volta da África do Sul com a necessidade e o compromisso de fazer a diferença no local onde vive.

Para conhecer mais a respeito da empresa social que vem ganhando espaço no mundo todo com seus projetos, basta segui-los através das redes sociais:

Instagram @nossomosubuntu

Site www.nossomosubuntu.com

Fotos: Divulgação