A cantora romântica Lorenza Pozza que ganhou o coração do público com seu jeito meigo e elegante de interpretar canções que marcam histórias de amor, subirá ao palco do Teatro Gamaro no dia 16 e outubro, às 20h30, para apresentar um show muito especial.

Em seu novo espetáculo “Todas as Coisas”, a artista apresentará algumas das belíssimas releituras de músicas gravadas em seu álbum ‘Música para Casar por Lorenza Pozza’, entre elas: Tan Tan (Leo Fressato), Isn’t she lovely (Stevie Wonder), Quelqu’un m’a dit (Carla Bruni) e Stand by me (Ben E. King). Além de músicas próprias como ´Todas as Coisas´, ‘Sentir’ e ‘Minha metade’. Incluindo também as canções que compôs em parceria com Marcia Henz (Na Morada) e com Marcelo Segreto (Verona).

Também farão parte do repertório, os maiores hits do canal da cantora no Youtube, que conta hoje com mais 80 mil inscritos e somam 8 milhões de visualizações. http://lorenzapozza.com/

Serviço:
Lorenza Prozza apresenta “Todas as Coisas”
Data: 16/10/2018
Horário: 20h30
Local: Teatro Gamaro
Endereço: Doutor Almeida Lima, 1176 – Mooca
Telefone: (11) 2872-1457
Capacidade: 780 pessoas
Ingressos: R$ 32,40

Mais sobre Lorenza Pozza

Natural de Curitiba/PR, Lorenza é formada em música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná e em Relações Públicas pela Universidade Federal do Paraná. Quando pequena fez parte do elenco fixo do programa Gente Inocente da Rede Globo, apresentado por Marcio Garcia, cantando e interpretando ao lado de grandes nomes da música brasileira: Ney Mato Grosso, Caetano Veloso, Elba Ramalho, Bibi Ferreira, entre Outros.

Em 2009, gravou seu primeiro trabalho, o CD e DVD “Ao Vivo no Memorial de Curitiba”, com a participação do cantor Leoni. Em 2016 lançou o CD “Música para Casar por Lorenza Pozza”, com as músicas Isn’t she lovely (Stevie Wonder), A Thousand Years (Christina Perri), Stand by me (Ben E King), Here comes the sun (Beatles), My Girl (The Temptations), La vie en rose (Edith Piaf), Quelqu’un m’a dit (Carla Bruni), Tan Tan (Leo Fressato), Todas as Coisas (composição própria) e Pela luz dos olhos teus (Tom/Vinícius).