Com táticas agressivas no mercado financeiro, a Uber decidiu abrir seu capital para o público no chamado IPO (oferta pública inicial), que vai agitar a bolsa de valores. Fundada em 2009, poucos acionistas imaginavam que a Uber faria o sucesso que faz atualmente. Outras, entretanto, souberam “jogar” com o mercado financeiro e investiram fortunas na empresa americana. Entre elas: Ashton Kutcher, Jay Z, Jeff Bezos, Lance Armstrong, Britney Spears e Jay Z poderão multiplicar seus saldos bancários com a abertura do capital, que acontece nesta quinta (9).

A diva do pop, Britney Spears, foi uma das famosas que aproveitou a rodada de investimentos no começo da década para colocar grana na Uber. Se perdesse todo o seu capital neste momento, a cantora poderia ficar milionária novamente com o IPO.

Ashton Kutsher e seu parceiro

Guy Oseari, agente da Madonna e U2, junto do ator Hollywoodiano, Ashton Kutsher, investiram cerca de meio milhão de dólares, em 2011, e podem colher a quantia de aproximadamente 170 milhões de dólares, ou seja, 340 mil vezes mais dinheiro do que desembolsaram 8 anos atrás. O ator que informou, recentemente, que não deixará que seus filhos herdem sua fortuna, uma vez que ele quer incentivá-los a trabalhar.

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo

A empresa que começou numa porta de garagem hoje é a mais valiosa do mundo, segundo o Brand Finance 2019, avaliada em 189 bilhões de dólares. Seu proprietário, Jeff Bezos, porém, não está satisfeito só com a quantia que colhe da Amazon, e também percebeu que a Uber seria um sucesso. Os valores não são divulgados, mas como diz o site “Glamurama”, não é qualquer cifra que agrada o bilionário.

Jay Z

Como se já não bastasse ser marido da Beyoncé, Jay Z entrou na jogada da bolsa de valores, comprou ações da Uber e pode multiplicar o valor de 4 milhões de dólares investidos há alguns anos. Mas o rapper não deve ganhar a bolada sozinho, já que seu agente Larry Marcus e  o presidente da sua gravadora devem ser compensados pela estratégia que colocaram em prática.

O ciclista do doping

Herói dos EUA no ciclismo, Lance Armstrong, foi pego no doping (fez o uso de substâncias proibidas no esporte), perdeu patrocinadores e muita moral. Mas ele tinha uma carta na manga: sua habilidade para negócios. Assim, Armstrong investiu cerca de 100 mil dólares na Uber, e pode ver seu capital crescer repentinamente nesta quinta.

Ao contrário dos famosos, motoristas da Uber protestam

O Portal Ego acaba de citar os famosos que podem sorrir com o IPO do mercado nesta quinta, mas vale dizer que a start-up americana não tem agradado seus motoristas.

Na quarta-feira (9), que antecedeu a abertura do capital para o público, motoristas do Reino Unido, EUA e Brasil puxaram o freio de mão dos veículos para protestar contra a Uber. Os motivos para a paralisação nos países que tem o inglês como língua nativa ficou por conta do risco o IPO no mercado de ações, que é volátil e incerto, visto que as ações da Uber podem cair ligeiramente após o crescimento iminente com o balanço de hoje. No primeiro trimestre de 2019, a Uber divulgou prejuízo milionário em seus ganhos. No Brasil, o preço do litro combustível chega a ser o mesmo de algumas corridas (quem controla o valor das corridas é o aplicativo) feitas pelos motoristas. Além disso, os “ubers” querem mais suporte da empresa americana sob questões de segurança.

Foto: Reprodução/ Instagram