No último final de semana, a renomada escritora JK Rowling foi duramente criticada pela comunidade LGBTQIA+ por conta de um comentário na sua página oficial do Twitter. A autora da saga Harry Potter opinou sobre um artigo chamado “Criando um  Mundo mais Igualitário para Pessoas que Menstruam”.

“Tenho certeza de que existia uma palavra para essas pessoas. Alguém consegue me ajudar. Wumben? Wimpund? Woomud?”, escreveu JK Rowling fazendo uma alusão a palavra mulher em inglês, woman.

Nessa segunda, 8, Daniel Radcliffe, ator que interpretou o personagem principal na saga Harry Potter, respondeu ao comentário.

“Mulheres trans são mulheres. Qualquer declaração ao contrário apaga a identidade e a dignidade de pessoas transgênero e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência no assunto que Jo ou eu”, disse Daniel.

“Enquanto Jo é inquestionavelmente responsável pelo curso que minha vida tomou, como alguém que foi honrado em trabalhar com e continuar a contribuir com o Trevor Project pela última década, e até como ser humano, me sinto compelido a dizer algo neste momento”, terminou o ator. Sua resposta foi publicada no site Trevor Project, uma organização sem fins lucrativos.